Dia Mundial da Alimentação: precisamos de um agricultor 3 vezes ao dia

“Pelo menos uma vez na vida precisamos de um médico, um advogado, um padre e um polícia, mas três vezes ao dia, todos os dias, precisamos de um agricultor”

(Brenda Schoepp)

A comemoração do Dia Mundial da Alimentação a 16 de Outubro serve para rever os principais dados de produtividade agrícola do mundo extraídos do Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA) e da Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação (FAO):

  • A produção mundial de cereais aumentou Campo de trigo50% nos últimos 30 anos.
  • A produção de cereais cresceu 27% nos últimos 10 anos.
  • Os rendimentos globais de cereais aumentaram 170% nos últimos 50 anos.
  • Nos Estados Unidos, para produzir 1.000 toneladas de trigo é necessário menos 42% de terra que há 50 anos atrás.
  • Na Alemanha, para obter 1.000 toneladas de trigo é necessário menos 59% de terra que há 50 anos atrás.
  • Na China, para crescer 1.000 toneladas de trigo é necessário menos 84% de terra que há 50 anos atrás.

Record na produção agrícola em todo o mundo

De acordo com o Departamento de Agricultura dos Estados Unidos, este ano o mundo produziu um número record de grandes culturas (trigo, milho e arroz): cerca de 2.550 milhões de toneladas. Este volume de produção agrícola consegue alimentar toda a população mundial por 90 dias. Apenas há uma década atrás a produção agrícola total colmatava as nossas necessidades por 60 dias.

Embora seja inquietante pensar que se a produção agrícola de grãos parar teríamos apenas alimentos durante três meses, a verdade é que o mundo nunca teve tanta comida como agora. Um marco dos quais agricultores, tecnologias e inovações agrícolas cada vez mais eficazmente são os principais responsáveis.

Desigualdades no Dia Mundial da Alimentação

Mulher africana agricultoraO aumento da produção agrícola liderado pelos agricultores na última década foi impressionante. Os profissionais agrícolas não só multiplicaram a produtividade das terras, como melhoraram a nossa dieta e contribuíram para a conservação do meio ambiente em todo o mundo.

No entanto, e apesar desta conquista, no Dia Mundial da Alimentação não podemos esquecer os nove milhões de pessoas que sofrem com fome em países como Nigéria, Chade ou Camarões.

16 de outubro é o dia para nos perguntarmos se os debates agro-tecnológicos que tratam os problemas da realidade do  primeiro mundo, onde a abundância reina, são os problemas reais, quando ainda existem milhões de pessoas a morrer vítimas de escassez em territórios sub desenvolvidos.

 

Dejar un comentario