Apis e Syngenta impulsionam agricultura sustentável na Extremadura

A empresa agroalimentar espanhola APIS e a Syngenta implementam novas práticas de agricultura sustentável nos campos de tomate para industria da Extremadura.

Margem funcional ou biodiversa em campo de tomate para indústria na Extremadura espanhola

Margem funcional ou biodiversa em campo de tomate para indústria na Extremadura espanhola

A empresa APIS e a Syngenta lançaram um plano para incrementar a biodiversidade em zonas de produção de tomate  para indústria. Trata-se do Operation Pollinator, uma iniciativa da Syngenta cujo objetivo principal é a criação de habitats em zonas agrícolas, onde exista maior disponibilidade de alimento e refúgio para a fauna nativa. O projeto teve início com uma parcela piloto e deverá ser alargado a 3% da área cultivada pela APIS, nos próximos 2 anos.

«O  projeto está a ser abraçado por grandes e pequenas empresas como a APIS, tal como por associações de agricultores e por entidades científicas que têm como desafio central o incremento da biodiversidade», explicou Francisco García-Verde, responsável de Sustentabilidade na Syngenta.

O projeto Operation Pollinator conta com mais de 11 anos de investigação. Consiste em cultivar nas bordaduras das culturas agrícolas misturas específicas de flores que servem de alimento e refúgio a espécies de insetos auxiliares.  As margens funcionais criadas em parceria com a APIS são monitorizadas anualmente pelo entomólogo Óscar Aguado, investigador do  colaborador do Consejo Superior de Investigaciones Científicas (CSIC), entidade pública espanhola  de investigação agraria. «Além de gerarem biodiversidade em locais muito pressionados pela atividade agrícola intensiva, as margens funcionais também representam um valor acrescentado para o setor agrícola, porque fomentam a presença de insetos auxiliares e insetos polinizadores que favorecem as culturas vizinhas», garante Óscar Aguado.

IMG-20170608-WA0000_resizedSegundo Anselmo Montero, Diretor-geral da APIS, «com este projeto os nossos agricultores introduziram no seu sistema de produção medidas ambientais que fomentam a sustentabilidade, por um lado, melhorando a biodiversidade dos ecossistemas naturais e, por outro, protegendo os cursos de água e evitando a erosão do solo».

A implementação de medidas ambientais nas explorações agrícolas é essencial para atingir os objetivos da UE até 2020 em matéria de biodiversidade e proteção dos recursos naturais, especialmente a água e os solos. O desafio de garantir a disponibilidade de alimentos de forma sustentável consiste em alcançar o equilíbrio entre maior produtividade agrícola de qualidade e a implementação de medidas ambientais.

O aumento das margens funcionais ou biodiversas é um dos 6 compromissos para uma agricultura mais sustentável assumido no The Good Growth Plan adotado pela empresa Syngenta com a ajuda de cada vez mais entidades e empresas do setor agroalimentar.

Mais informação:

https://www.syngenta.pt/operation-pollinator

https://www.syngenta.pt/good-growth-plan

Dejar un comentario