Carial Flex- novo fungicida Syngenta para controlo do míldio da batateira

A Syngenta apresenta uma nova solução para o controlo do míldio da batateira – Carial Flex – o qual combina duas substâncias ativas que atuam em todos os estados de desenvolvimento do fungo, proporcionando um maior controlo do míldio, a principal doença que afeta a cultura da batateira.

Produto CarielFlex, Syngenta, Pinhal Novo.

Maria do Carmo Pereira, portfolio manager de fungicidas da Syngenta na Península Ibérica.

O Carial Flex surge como um novo aliado dos agricultores para controlar o míldio da batateira, contendo na sua formulação, uma combinação versátil de duas substâncias ativas – a mandipropamida (25%) e o cimoxanil (16%) –, que fazem deste fungicida um produto extremamente robusto no combate à doença.

A mandipropamida tem máxima ação em aplicações preventivas, atua sobre a germinação dos zoósporos e dos esporângios, inibindo rapidamente o crescimento do fungo. A sua eficácia deve-se à dupla ação: tem uma atividade de contato duradoura, aderindo de imediato e com tenacidade à capa cerosa da planta e mantendo a sua ação preventiva durante um período de tempo prolongado. Resiste à lavagem pela chuva intensa que ocorra entre aplicações. A mandipropamida tem ainda atividade no interior da planta e translaminar, penetrando no interior dos tecidos vegetais até à parte oposta da superfície tratada, o que permite a sua atuação na fase inicial das infeções por míldio.

O cimoxanil tem um modo de ação multimetabólico, diferente de qualquer outro fungicida comercializado no mercado, com ação preventiva, curativa e anti-esporulante. Atua sobre todos os estados de desenvolvimento do fungo e comporta-se de modo sinérgico quando misturado com outros fungicidas. Além disso, estimula as defesas da planta, proporcionando um determinado nível de tolerância ao fungo.

O Carial Flex, ao ser uma formulação sem ditiocarbamatos, é uma solução sustentável, tendo em consideração o processo de revisão de substâncias ativas pela Comissão Europeia, o qual poderá vir a restringir a utilização de formulações com ditiocarbamatos na sua composição.

«O Carial Flex preenche uma lacuna no portfólio da Syngenta em fungicidas com ação penetrante e responde às necessidades globais do mercado português, sendo apresentado em duas embalagens – 5kg e 60g –, a primeira para o mercado mais profissional da batata e a segunda para a lavoura tradicional», explica Maria do Carmo Pereira, portfolio manager de fungicidas da Syngenta na Península Ibérica.

A mandipropamida resulta da I&D da Syngenta e está a ser trabalhada numa estratégia “multi-site free” para controlo do míldio em várias culturas, como a batateira, o tomateiro e a vinha. Para além do Carial Flex, a mandipropamida está presente em produtos como o Carial Top, fungicida para o controlo do míldio e da alternaria da batateira e do tomateiro, e o Ampexio, um anti-míldio para vinha, ambos a lançar no mercado português em 2018.

Dejar un comentario